inbound-marketing

A era do FLAT DESIGN na web

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

e-commerce

A ERA DO FLAT DESIGN na web foi oficializada pelo novo logo da GOOGLE, lançado em 1º/SETEMBRO/2015. FLAT DESIGN é o estilo de design que domina a internet hoje. Em oposição à tendência anterior, que era o design tridimensional, com transparências, efeitos de iluminação e reflexos, para um resultado hiper-realista, este novo estilo é chapado, sem perspectiva e minimalista. As paletas tem tons pastéis, com textura fosca, ou cores claras, conhecidas como tons “bebê” e ainda as cores vivas e muito contrastantes, próprias para desenhos infantis. Independente da paleta escolhida, o resultado final do FLAT DESIGN sempre irá sugerir um universo infantil.

Windows 8

O Sistema Operacional da Microsoft WINDOWS 8 adotou este estilo em sua interface, e isso certamente ajudou a estabelecer esta tendência mundial, como a onda AIR, dos efeitos tridimensionais e transparências, foram difundidas pela versão anterior do Windows, o SEVEN. Porém, acreditamos que esta onda do FLAT DESIGN nasceu dos aplicativos para celulares. A maior incidência de acessos à internet hoje ocorre através de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, o que faz com que a WEB sofra forte influência daquilo que é desenvolvido para atender as necessidades deste tipo de usuário.

Smartphone

Os ícones e interfaces dos aplicativos tiveram que ser reformulados para serem leves e mais eficientes devido á velocidade da internet e a resolução das telas dos dispositivos móveis. Muitos efeitos e luminosidade excessiva prejudicam a visibilidade e a leitura das informações nos dispositivos móveis. A característica chapada (FLAT), as paletas foscas e figuras minimalistas tornam a leitura das informações mais fácil e confortável aos olhos que necessitam identificar rapidamente, através de um pequeno ícone, aquilo que procuram em uma pequena tela, geralmente usada na luz do dia.

flat icon

Essa linguagem desenvolveu-se para conforto e eficiência da leitura das informações em telas pequenas. Os brilhos, transparências e reflexos do estilo AIR tornaram-se em um transtorno para os olhos que querem fugir do brilho, do reflexo da luz e da transparência já excessivos na própria tela do dispositivo móvel. Ícones hoje são a principal linguagem digital, a informação condensada em uma pequena figura que mostra ao usuário onde está o que ele precisa. Portanto quanto mais confortável aos olhos, direto e eficiente na comunicação melhor, pois são os caracteres de uma nova linguagem, a comunicação digital.

software interface

O mesmo ocorreu com as interfaces dos aplicativos e softwares, e acompanhando a tendência FLAT, o DESIGN RESPONSIVO também tornou-se indispensável para viabilizar a navegação através de dispositivos móveis. As interfaces responsivas adaptam-se de modo inteligente a qualquer tamanho de tela, sem quebrar as informações ou gerar incompatibilidades com as diferentes resoluções destas telas. Isso exige mais eficiência funcional e objetividade no design, e mais leveza para não gerar sobrecarga em sinais mais lentos, usados na maioria dos mobiles.

long-shadow-icons

Talvez para quebrar um pouco este resultado chapado e diminuir o grau minimalista do FLAT DESIGN surgiu a tendência LONG SHADOW, que cria um sobretom na paleta, produzido pela sombra do objeto sobre o fundo, além de dar um pouco de profundidade no design. Os ambientes sempre sugerem temas infantis, as cores são foscas mesmo quando são vibrantes, e quase sempre as sombras, longas ou não, estão presentes para produzir algum efeito de profundidade e colocar um tom a mais na paleta de cores.

flat design

Posted in Arte, Atualidades, Cultura, Redes Sociais, Tecnologia, TEecnologia da Informação.