googleglass

A INVENÇÃO DO ANO DE 2012: Google Glass

7 Flares Twitter 0 Facebook 7 Google+ 0 LinkedIn 0 7 Flares ×

Embora muitos ainda duvidem disso, o GOOGLE GLASS chegará às lojas para o consumidor em 2014, pela bagatela de US$ 1.500,00, mas é possível que uma versão especial seja oferecida PARA DESENVOLVEDORES em alguns meses, em 2013, de acordo com a TIME Magazine. Uma tela de 1/2 polegada entra em foco quando o usuário olha para cima, à direita, embora uma patente de um modelo com os controladores invertidos para o lado esquerdo tenha sido registrada. Não se sabe se será de fato fabricada a versão canhota do GOOGLE GLASS, mas o registro da patente mostra a preocupação do GOOGLE com pessoas que tem mais habilidades com a mãe esquerda.

O diretor-criativo da marca, Yvan Mispelaere, e um dos cocriadores do Google, Sergey Brin, estiveram presentes no desfile da DVF no NEW YORK FASHION WEEK, no dia 10 de setembro,  onde a estilista Diane Von Furstenberg adicionou em todas as modelos de sua coleção uma peça dos óculos Google, sem medo de que a novidade ofuscasse as roupas que apresentava no evento.

Obviamente a APPLE também registrou patente de sua versão concorrente aos óculos Google, com algumas vantagens sobre a versão pioneira, e a principal vantagem é uma tela RETINA, já presente em diversos produtos da marca, como iPhone, iPad e MacBook Pro. Ao ser questionada sobre o GADGET semelhante a um capacete apresentado em seu projeto, a  APPLE afirmou que a patente foi feita sem a participação dos designers, que certamente irão modificar esse ítem dos seus chamados VIDEO GLASSES, de forma a tornar o concorrente do GOOGLE GLASS bem competitivo.

Agora conheça as 5 RAZÕES PRA VOCÊ NÃO TER UM APARELHO DESSES e a causa de toda a controvérsia que ele está causando:

  1. INVASÃO DE PRIVACIDADE: Se já com os Smart Phones imagens constrangedoras E NÃO AUTORIZADAS do cotidiano das pessoas são captadas e difundidas na rede, este aparelho, também conhecido como óculos de REALIDADE AUMENTADA, será uma arma poderosa nas mãos de quem é invasor da privacidade;
  2. SEGURANÇA DE DADOS: Seria necessário um cuidado redobrado quanto à invasão deste sistema por algum hacker ou cracker, que poderia facilmente ter acesso à imagens e dados ali processados, inclusive em tempo real;
  3. SEGURANÇA DAS PESSOAS: Se o uso de celulares já coloca em risco motoristas e pedestres, por distrair as pessoas enquanto estão operando outros equipamentos, imagine o caos que provocaria um aparelho desses, que permite vídeo conferências e acesso a todo tipo de informações sem que você tenha que desocupar as mãos para acessá-las…;
  4. ANÚNCIOS DIRECIONADOS: De acordo com os dados oferecidos na sua navegação os anúncios são disparados enquanto vc navega na web. Ficando conectado tempo integral o aumento da frequência e da quantidade desse bombardeio poderá alcançar níveis bem maiores do que aqueles que hoje já são invasivos para qualquer internauta;
  5. RISCOS PARA A SAÚDE: Foi difícil convencer as pessoas que NÃO É SEGURO manter as ondas dos celulares MUITO PRÓXIMAS AO CORPO, e recentemente vem tornando-se comum o uso de headfones e headsets para evitar o contato do celular com ouvido, olhos e cérebro, por ESTAR PROVADO que essas ondas afetam as células de forma danosa, e podem deflagrar processos degenerativos (CÂNCER). Os Vídeo-Óculos comunicam-se por conexões 3G e BLUETOOTH tornando-se, por isso, especialmente perigosos e parecem ter sido criados para garantir que AS MICROONDAS FIQUEM MESMO GRUDADAS EM NOSSO CÉREBRO. Definitivamente isso NÃO É uma boa idéia...

 

Posted in Atualidades, Ciência, Tecnologia, TEecnologia da Informação and tagged , , , , , , , .