inbound-marketing

A era do FLAT DESIGN na web

e-commerce

A ERA DO FLAT DESIGN na web foi oficializada pelo novo logo da GOOGLE, lançado em 1º/SETEMBRO/2015. FLAT DESIGN é o estilo de design que domina a internet hoje. Em oposição à tendência anterior, que era o design tridimensional, com transparências, efeitos de iluminação e reflexos, para um resultado hiper-realista, este novo estilo é chapado, sem perspectiva e minimalista. As paletas tem tons pastéis, com textura fosca, ou cores claras, conhecidas como tons “bebê” e ainda as cores vivas e muito contrastantes, próprias para desenhos infantis. Independente da paleta escolhida, o resultado final do FLAT DESIGN sempre irá sugerir um universo infantil.

Windows 8

O Sistema Operacional da Microsoft WINDOWS 8 adotou este estilo em sua interface, e isso certamente ajudou a estabelecer esta tendência mundial, como a onda AIR, dos efeitos tridimensionais e transparências, foram difundidas pela versão anterior do Windows, o SEVEN. Porém, acreditamos que esta onda do FLAT DESIGN nasceu dos aplicativos para celulares. A maior incidência de acessos à internet hoje ocorre através de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, o que faz com que a WEB sofra forte influência daquilo que é desenvolvido para atender as necessidades deste tipo de usuário.

Smartphone

Os ícones e interfaces dos aplicativos tiveram que ser reformulados para serem leves e mais eficientes devido á velocidade da internet e a resolução das telas dos dispositivos móveis. Muitos efeitos e luminosidade excessiva prejudicam a visibilidade e a leitura das informações nos dispositivos móveis. A característica chapada (FLAT), as paletas foscas e figuras minimalistas tornam a leitura das informações mais fácil e confortável aos olhos que necessitam identificar rapidamente, através de um pequeno ícone, aquilo que procuram em uma pequena tela, geralmente usada na luz do dia.

flat icon

Essa linguagem desenvolveu-se para conforto e eficiência da leitura das informações em telas pequenas. Os brilhos, transparências e reflexos do estilo AIR tornaram-se em um transtorno para os olhos que querem fugir do brilho, do reflexo da luz e da transparência já excessivos na própria tela do dispositivo móvel. Ícones hoje são a principal linguagem digital, a informação condensada em uma pequena figura que mostra ao usuário onde está o que ele precisa. Portanto quanto mais confortável aos olhos, direto e eficiente na comunicação melhor, pois são os caracteres de uma nova linguagem, a comunicação digital.

software interface

O mesmo ocorreu com as interfaces dos aplicativos e softwares, e acompanhando a tendência FLAT, o DESIGN RESPONSIVO também tornou-se indispensável para viabilizar a navegação através de dispositivos móveis. As interfaces responsivas adaptam-se de modo inteligente a qualquer tamanho de tela, sem quebrar as informações ou gerar incompatibilidades com as diferentes resoluções destas telas. Isso exige mais eficiência funcional e objetividade no design, e mais leveza para não gerar sobrecarga em sinais mais lentos, usados na maioria dos mobiles.

long-shadow-icons

Talvez para quebrar um pouco este resultado chapado e diminuir o grau minimalista do FLAT DESIGN surgiu a tendência LONG SHADOW, que cria um sobretom na paleta, produzido pela sombra do objeto sobre o fundo, além de dar um pouco de profundidade no design. Os ambientes sempre sugerem temas infantis, as cores são foscas mesmo quando são vibrantes, e quase sempre as sombras, longas ou não, estão presentes para produzir algum efeito de profundidade e colocar um tom a mais na paleta de cores.

flat design

rEVOLt

A PRIMEIRA GUERRA CIVIL MUNDIAL- #12M no BRASIL

A chamada do @OcupaSampa abre este post por alguns motivos: O acampamento montado no dia 15 DE OUTUBRO DE 2011, embaixo do Viaduto do Chá, na capital paulista, teve algumas qualidades ímpares em relação aos outros acampamentos daquela data. Não desmerecendo ninguém, mas nós acompanhamos e postamos em tempo real (você pode encontrar no nosso arquivo, aqui no site, pela data), os acampados passarem por situações tenebrosas, nas primeiras noites, resistindo como heróis, eles não recuaram. Houve incêndio criminoso nas proximidades do acampamento, houve enfrentamento com situações que são comuns para quem vive nas ruas, mas eram novidades aterrorizantes para os acampados.

rEVOLt

Logo em seguida eles receberam os manifestantes da marcha contra a Usina de Belo Monte, um grupo de indígenas que veio do Pará e juntou-se ao acampamento. Marcharam juntos na Av. Paulista e este grupo tornou-se mais tarde o #OccupyBeloMonte.  Aquele dia entrou para a história da REVOLUÇÃO GLOBAL no Brasil. O comprometimento com a unidade do grupo e com o conteúdo das oficinas e assembléias, fez com que o ACAMPASAMPA se tornasse um marco na World rEvolution no Brasil. Nesta etapa do processo o grupo trabalha por mais coesão ainda, e luta contra as infiltrações de entidades e partidos políticos, que, como em todos os outros países, procuram APROPRIAR-SE da Revolução, para esvaziá-la e corromper seus princípios.

Isto ocorre também no Rio de Janeiro. O @OccupyRio também marcou a história do 15 DE OUTUBRO com o acampamento na CINELÂNDIA, enfrentando outras dificuldades, bem diferentes das encontradas pelos acampados em São Paulo. A PRIMEIRA REVOLUÇÃO CIVIL MUNDIAL da História da Humanidade não é assunto corriqueiro. Conversando com alguns jovens envolvidos nas marchas e mobilizações no Brasil, podemos ver a falta de noção da dimensão e do significado da PRIMAVERA GLOBAL. Referem-se ao #12M como um “evento” e acreditam que pelo fato de estarem mobilizados em oferecer logística e infraestrutura para as manifestações, isso lhes dá o crédito de ORGANIZADORES da Revolução. Ilude-se quem pensa poder apropriar-se deste fenômeno chamado REVOLUÇÃO GLOBAL, em alguns poucos meses isso ficará claro. Por enquanto, vamos nos divertindo observando os oportunistas usurpadores pensarem que “vão se dar bem” aproveitando essa “onda” para ganhar visibilidade na mídia. O que de fato ocorre, é que, ao ganharem a desejada visibilidade, são identificados e marcados pelos VERDADEIROS REVOLUCIONÁRIOS. Já existe uma enorme lista deles, TROLLS de todas as nacionalidades, raças, religiões e partidos políticos…

O terceiro acampamento mais importante do 15 DE OUTUBRO DE 2011 no Brasil foi o de ONDINA, em SALVADOR/BA. Na verdade, em resistência, coesão, organização e conteúdo, o @OcupaSalvador está no mesmo nível do movimento de São Paulo. Foi através do conteúdo de suas páginas na web que consegui reunir a maior parte do material para este post, e este conteúdo eu tomo como referência para acompanhar o desenvolvimento do movimento fora do eixo São Paulo/Rio. Ao contrário do que ocorreu no Rio de Janeiro, o movimento em Salvador lutou por coesão e para fortalecer os fundamentos da proposta da Revolução Global. Tem sido a fonte de informação para compartilhamento das lideranças que encontram-se nos estados brasileiros mais distantes e que mais  sofrem  com a centralização econômica e social nas regiões sudeste e sul do país.

Um destaque para a chamada do @12mbh, movimento de ocupação das vias e realização de assembleias públicas pela sociedade Civil em Belo Horizonte/MG. Reúne imagens do movimento em todo o Brasil com imagens do acampamento e sequências de animação, e foi editado com um timming especial, uma trilha sonora absolutamente exata, chegou em um resultado underground, ficou meio grunge, uma coisa bem cult. Achei linda!

Esta é a chamada para o #12M do Ocupe Recife/PE, movimento que tomou o nome do Cais José Estelita para tornar-se o @OcupeEstelita, local onde a população da capital pernambucana encontrou espaço para as manifestações, assembleias e articulação de ações comunitárias.

Encerro a primeira etapa deste post com a chamada que me surpreendeu. Anápolis/GO é a cidade do Brasil com o maior número de cristãos evangélicos, 96% da cidade. Aqui está a prova que os cristãos evangélicos também fazem parte dos 99%. Esta cidade é muito especial para mim e fiquei mesmo muito emocionada ao assistir este vídeo, pela sua simplicidade e por entender o que representa a Primavera Global naquela região. Continuarei postando as chamadas na medida em que as for encontrando, e farei uma última atualização disponibilizando o mapa com os locais e horários das manifestações do #12M em todo o Brasil, ainda hoje.

060909_kickass

KICK-AS: Vídeo caseiro longa metragem?


A linguagem dos vídeos publicados na web chegou a Hollywood. O despojamento de recursos desses vídeos que registram pessoas comuns em seu ambiente autêntico, às voltas com as situações mais corriqueiras, atrai um número cada vez maior de usuários da web. Isso tem sido o foco da atenção dos produtores da telona e também da TV, que necessitam de atualização permanente para não serem definitivamente trocadas pelo monitor.
Pesquisa daqui, inventa dali, é necessário também remexer no baú das receitas de sucessos garantidos e descobrir qual é o ingrediente que atrai o mundo inteiro para os videozinhos do You Tube. É preciso saber quem são esses usuários da web, para escrever uma estória sobre eles, para que a identificação os traga de volta para às telas. Foi assim que surgiu a onda dos reality shows, na qual o cinema também andou passeando, além de enveredar-se numa pesquisa da linguagem das histórias em quadrinhos, popularizando uma cultura que até então era “underground” e vem ostentando desde o final do século passado uma forte influência dos mangás japoneses. KICK-ASS é tudo isso, e bem mais do que isso. O roteiro é absolutamente genial pelos elementos mixados e agrupados em dois extremos: hiper-realismo e surrealismo, que produzem o  bizarro, ingrediente presente nos tais videozinhos mais populares da web. Que o ser humano in natura é bizarro não é novidade, a novidade é que assumimos que somos bizarros e não queremos mais virar uma coisinha perfeitinha e bonitinha, que só existe nos delírios psicóticos dos esquizofrênicos. A gente fica feliz em saber que todo mundo usa a escova de cabelo como microfone no banheiro e não temos mais vergonha de nossas fraquezas. Não é necessário ter superpoderes pra ser super-herói. Este é o resultado apresentado por KICK-ASS de toda esta equação, feita para decifrar a esfinge que devora a todos que não conseguem desvendar seu eterno enigma: Que bicho é esse, o bicho homem?

Mario Lago

CENTENÁRIO DE MÁRIO LAGO

Há um projeto sendo encaminhado ao MINC para a comemoração do Centenário  de MÁRIO LAGO. Nascido no Rio de Janeiro em 26 de novembro de 1911, era filho do Maestro Antonio Lago e teve seu primeiro poema publicado aos 15 anos de idade. Escritor dos roteiros das famosas radionovelas da Rádio Nacional, Mário Lago era grande ator e também músico, mas nas letras era um mestre, contemporâneo de Noel Rosa, Adoniran Barbosa, Ataulfo Alves, Nelson Rodrigues, Dolores Duran, Orlando Silva, Herivelto Martins, Dalva de Oliveira e outros personagens dos Anos Dourados das noites cariocas. Mario Lago compôs algumas das peças fundamentais do repertório da História da Música Popular Basileira, como “Ai que saudades da Amélia” e a marchinha de carnaval “Aurora”.

Mais do que um artista, Mário Lago foi um incansável ativista em favor da Liberdade de Expressão, da Igualdade Social e fez parte da história política, social e cultural desta Nação. Em sua filmografia contei 34 filmes, sendo o primeiro em 1947 e o último em 1983. Entre eles os lendários TERRA EM TRANSE de GLAUBER ROCHA e O Assalto ao Trem Pagador, de Roberto Farias.  Mais do que um artista, Mário Lago foi um incansável ativista em favor da Liberdade de Expressão, da Igualdade Social e fez parte da história política, social e cultural desta Nação.

Vou publicar aqui REGULARMENTE novidades sobre o projeto, dirigido e coordenado por Mariozinho Lago, o seu caçula, compositor e poeta, como seu pai, e diretor de muitos projetos culturais, em vários espaços do Rio e São Paulo, incluindo o Circo Voador, na Lapa. Um de nossos poemas predileto de Mário Lago pai:

FAZER UM CÉU

Fazer um céu com pouco a gente faz.
Basta uma estrela,
Uma estrela e nada mais.
Pra ter nas mãos o mundo
Basta uma ilusão.
Um grão de areia
É o mundo em nossa mão.
Sonhar é dar à vida nova cor,
Dar gosto bom às lágrimas de dor.
O sol pode apagar, o mar perder a voz,
Mas nunca morre um sonho bom dentro de nós.
Atualizo esta postagem em 09/09/2011, com as novidades sobre o projeto: Vídeos e Cds com músicas INÉDITAS de MARIO LAGO estão sendo produzidos para o evento, previsto para 2012. Um site já está on line com todas as informações sobre o projeto, embora esteja ainda em desenvolvimento, tendo alguns ajustes previstos para breve.
VEJA AQUI O SITE   e conheça as novas parcerias de MARIO LAGO com Luiz Melodia, Frejat e Lenine, entre outros. Aí você encontrará algumas preciosidades, como um LIVRO INÉDITO e detalhes da história da vida de um homem que é parte da História do Brasil. Continuaremos acompanhando tudo e aguardando para breve um vídeo que será postado no Youtube.