BN-PG716_amcol0_M_20160805160139

“Como Lula do Brasil enganou o mundo”, diz Wall Street Journal

BN-PG716_amcol0_M_20160805160139O Wall Street Journal é um dos raros veículos internacionais que divulga a versão verdadeira sobre Lula e Dilma, com o título “Como Lula do Brasil enganou o mundo”, no artigo da editora Mary Anastasia O’Grady, embora não cite detalhes sobre os inquéritos policiais que investigam os crimes de lesa pátria cometidos pelo PT no Brasil, durante sua gestão de 13 anos. O texto fala apenas da acusação de obstrução à justiça “em uma investigação sobre corrupção”. Os detalhes da Operação Lava Jato são totalmente desconhecidos fora do Brasil, e existe uma rede internacional de DESINFORMAÇÃO, vendendo a imagem de Dilma como vítima da ditadura, torturada e presa, como se isso estivesse acontecendo agora, e não nos anos 60. Esta rede é comandada pela Midia Ninja, usando sua conexão com os ANONYMOUS, que estão publicando estórias, imagens e documentos sobre Dilma ter sido torturada, dizendo que seu Impeachment foi feito em homenagem ao Coronel Ustra, o torturador de Dilma, como se a citação feita por Jair Bolsonaro no Congresso fosse em nome de todo o povo brasileiro. A Mídia Ninja é comandada por Pablo Capilé, criador do Fora do Eixo, um coletivo cultural que operou com verba do Ministério Público como fachada para seu serviço de comunicação do governo PT. A Casa Fora do Eixo é Quartel General da militância mais abjeta do PT, que cria factoides e espalha nas Redes Sociais, e abriga os Militantes de Ambiente Virtual, os MAVs. É na Casa Fora do Eixo que são determinadas as pautas para a mídia paga pelo PT, além de ser o local onde se preparam os militantes que participam de várias marchas criadas por eles: A Marcha das Vadias, Marcha da Maconha, Parada Gay, entre outras.

Anonymous Ninja

Descrever os detalhes da tortura de Dilma tantos anos depois, fatos ocorridos em outro momento político e histórico do Brasil, é algo que confunde até mesmo os brasileiros, e muito mais ainda quem não conhece os fatos nem a história política do país. Para um povo que pensa que nas ruas do Brasil se encontram animais selvagens e indígenas semi-nus, pessoas que acreditam que aqui se fala espanhol e que a capital do Brasil é Buenos Aires, estas informações dão a entender que foram os torturadores de Dilma que a tiraram do poder, que eles ainda tem influência política para interromper, DEPOIS DE 13 anos, a gestão do PT. Os brasileiros devem participar mais de canais internacionais nas Redes Sociais, curtir páginas de notícias internacionais no Facebook, aprender a usar o Twitter, que permite acesso a uma maior DIVERSIDADE de artigos e noticias do que o Facebook.

Este é um dos vídeos que circulam fora do Brasil, dizendo que o PT tem poucos políticos envolvidos nas investigações de corrupção, e que apesar disso a mídia os acusa de liderar esta corrupção. Falam que o povo brasileiros foi para as ruas PEDIR INTERVENÇÃO MILITAR, e que a desaprovação de Dilma deve-se ao fato dos brasileiros “não desejarem um governo democrático”, comparando o movimento pró impeachment aos radicais de direita dos EUA. O PT destinou grande parte do dinheiro desviado dos cofres públicos brasileiros para comprar mídia internacional, para DESINFORMAR com matérias pagas, fornecidas pelos MILITANTES DA DESINFORMAÇÃO, que trabalham 24 hs por dia, principalmente nas Redes Sociais, aqui no Brasil. Tivemos uma onda deste tipo de reportagens, tanto na Stream Media, como na Social Media, fazendo com que as pessoas acreditassem na narrativa mentirosa do “GOLPE DE ESTADO” que o PT teria sofrido.

Não entendemos o motivo pelo qual, de repente, os ANONYMOUS passaram a ser pautados pela Mídia Ninja, em favor de Dilma, sendo que lutaram ao lado do povo brasileiro contra o governo de Dilma Rousseff na época da OP World CUP, quando os ativistas do #NãoVaiTerCOPA, que já lutavam  pelo Impeachment de Dilma, contaram com o apoio dos ANONYMOUS. Os militantes nesta época já denunciavam os crimes de lavagem de dinheiro e desvios gigantescos dos recursos públicos para Cuba e outros países, sem consultar o Congresso Nacional. O movimento #NãoVaiTerCOPA não era sobre futebol, mas aproveitava da visibilidade do evento da Copa da FIFA para denunciar a corrupção e gestão econômica desastrosa do PT, que já se estendia por 3 mandatos consecutivos. Porque os ANONYMOUS mudaram de lado agora?

 Vamos divulgar o vídeo acima, do Movimento Brasil Livre, feito justamente para ser compartilhado para fora do Brasil, de modo que os verdadeiros fatos sejam conhecidos em todo mundo, finalmente. Temos que estar presentes nestas brechas encontradas pelos militantes do PT na mídia internacional, por onde eles infiltraram esse bombardeio de desinformação. Nós precisamos nos mobilizar para desmentir estes factoides e selecionar as matérias de veículos internacionais, como esta do WSJ, para compartilhar em grande escala, enviar para nossos contatos fora do Brasil, de modo que eles possam ter uma referência de qual versão é manipulada, e qual é a verdade dos fatos. Precisamos divulgar mais a Op Lava Jato, comandada pelo juiz Sergio Moro, para que saibam a dimensão gigantesca dos crimes de corrupção que estão sendo investigados e que o envolvimento de Dilma e de Lula nestes crimes não é apenas participativo, mas que eles encabeçam este grande desfalque. É dever de todo brasileiro ser A MÍDIA LEGÍTIMA, INDEPENDENTE, que informa ao mundo o que realmente está acontecendo aqui. Precisamos denunciar as manobras que Lula tem feito para escapar da cadeia, precisamos denunciar que Lula envolveu toda a sua família em seu esquema de corrupção e na farra do dinheiro público, que o PT comandou por 13 anos no Brasil. Se nós não contarmos ao mundo o que se passa aqui, eles só saberão o que a Mídia Ninja disser, porque nós permanecemos em silêncio.

dilma

IMPEACHMENT de Dilma Rousseff tira seu cargo, mas preserva seus direitos políticos

dilma
Através de manobra INCONSTITUCIONAL, articulada pelos presidentes do Senado Federal, RENAN CALHEIROS, e do Supremo Tribunal Federal, RICARDO LEWANDOWSKY, o IMPEACHMENT de DILMA ROUSSEFF tira seu cargo, mas preserva seus direitos políticos. O desmembramento feito do parágrafo 52 da Constituição, que claramente determina a PERDA DOS DIREITOS POLÍTICOS ao réu condenado por má administração, vai contra, inclusive, uma decisão já tomada pelo próprio Supremo na ocasião do Impeachment de FERNANDO COLLOR de MELLO, em 1993. Nesta ocasião, Collor entrou com um mandato de segurança para tentar REAVER SEUS DIREITOS PERDIDOS pelo Impeachment que sofreu, e o STF INDEFERIU, de acordo com -> ESTE DOCUMENTO <- disponível para download no site do Supremo Tribunal Federal.

renan-e-lewandowski-impeachment

A senadora KATIA ABREU encabeçou uma arrecadação de votos entre os senadores que apoiam as negociatas no legislativo, senadores estes pertencentes a todos os partidos. Como Katia, estes senadores não tem fidelidade a outra coisa senão os próprios interesses, e foram recrutados pela senadora do PMDB, que é abertamente a favor de DILMA ROUSSEFF, referindo-se ao Impeachment como “Golpe”. Este grupo de senadores votou em favor da preservação dos direitos políticos de Dilma, em resposta a uma manobra que fatiou o artigo 52 da Constituição, promovendo uma Emenda Constitucional ILEGAL, sem o trâmite necessário para isso.

katia_abreu

Uma rápida análise desta manobra revela a clara intenção de livrar DILMA ROUSSEFF das investigações da OP Lava Jato, e criar um precedente jurídico na esperança de blindar outros líderes políticos que estão desesperados com a eminência de intimação e prisão, devido ao andamento das investigações da Polícia Federal, que geram intimações e mandatos de busca ou prisões preventivas a todos os que participaram das transações ilícitas com o dinheiro público durante a gestão do PT. Sabe-se agora que não somente membros do PT, mas de vários outros partidos, estão empenhados em evitar serem alcançados pela OP Lava Jato, e a Sociedade Civil tem acompanhado de perto todas estas manobras, feitas através de instituições como STF, PGR, TRE, com o objetivo de dificultar a finalização das investigações, e até mesmo de OBSTRUIR A JUSTIÇA, como ficou comprovado sobre Lula, Delcídio do Amaral e Carlos Bumlai, que, entre outros, tornaram-se réus da Lava Jato por tentar impedir a Delação Premiada do ex-presidente da Petrobrás, NESTOR CERVERÓ, oferencendo à familia de Cerveró uma alta soma de dinheiro, conforme comprovado em áudio da conversa, que foi gravada.

Renan

Renan

O agora Presidente em Exercício Michel Temer embarcou em seguida de sua posse, por volta das 20 hs, juntamente com o presidente do Senado Federal RENAN CALHEIROS, para a China, para atender sua agenda de compromissos, que inclui sua participação na cúpula do G20. Dentro de algumas horas publicaremos sobre as articulações dos Senadores da República para entrar com MANDATO DE SEGURANÇA contra o desmembramento INSCONSTITUCIONAL do artigo 52 da Constituição, promovido por Renan e Lewandowsky, que já está sendo redigido no Senado Federal.