existepoliticaalemdovotoavatarredondo_large

Eleições 2012 – 7 de Outubro

CLIQUE NA IMAGEM

Antes de falar das Eleições 2012, queremos ressaltar que o OCUPA SAMPA foi o movimento que mais rapidamente digeriu a idéia do RISE UP GLOBAL no Brasil. Em seguida o Ocupa Rio e Ocupa Salvador alinharam-se, tem-se fortalecido e atuado de maneira esplêndida cada um em sua região.  Acontece que o  movimento em São Paulo, ao manter sua resistência desde o primeiro acampamento em 15 de outubro de 2011, que foi levantado embaixo do VIADUTO DO CHÁ, no Vale do Anhangabaú, e lá permaneceu até ter alcançado seus objetivos, sem mudar de local, sem dispersar, já sinalizava que antes de ir pra rua, havia fortalecido suas bases. Eles sabiam exatamente o que estavam fazendo, dava pra perceber pelas assembleias e pela maneira que conseguiram incorporar os indígenas que estavam em SAMPA na ocasião, juntando-se a eles nos protestos contra BELO MONTE, na paulista. Temos tudo isso registrado aqui na Revista, em tempo real nos nossos posts daquela data, e não esquecemos dos desafios que enfrentaram os acampados contra a violências das ruas e dos policiais. Você pode acessar este post através do link acima, com a data do ano passado.

CLIQUE NA IMAGEM abaixo para saber PORQUE NÃO VOTAR

Em um ano o movimento amadureceu e só se fortaleceu, a ponto de nos oferecer, já para as eleições de 2012 uma versão adaptada à nossa realidade política e legislação eleitoral do movimento NO LES VOTES que é extensão da DEMOCRACIA REAL YA de Madrid, articulados às lideranças da ACAMPADA SOL. Sabemos que os brasileiros ainda levarão algum tempo para assimilar essas informações, que existe um processo de assimilação e integração, mas o OCUPA SAMPA pode dizer que está sincronizado com o movimento RISE UP GLOBAL , e nós afirmamos que essa moçada não fica devendo nada para os ativistas dos países do primeiro mundo.  Disponibilizamos para encerrar, A CARTILHA de A OUTRA CAMPANHA, trabalho de base feito no meio estudantil, que certamente mostrará seus frutos na ocasião das próximas eleições presidenciais. QUEM VIVER VERÁ…

rEVOLt

A PRIMEIRA GUERRA CIVIL MUNDIAL- #12M no BRASIL

A chamada do @OcupaSampa abre este post por alguns motivos: O acampamento montado no dia 15 DE OUTUBRO DE 2011, embaixo do Viaduto do Chá, na capital paulista, teve algumas qualidades ímpares em relação aos outros acampamentos daquela data. Não desmerecendo ninguém, mas nós acompanhamos e postamos em tempo real (você pode encontrar no nosso arquivo, aqui no site, pela data), os acampados passarem por situações tenebrosas, nas primeiras noites, resistindo como heróis, eles não recuaram. Houve incêndio criminoso nas proximidades do acampamento, houve enfrentamento com situações que são comuns para quem vive nas ruas, mas eram novidades aterrorizantes para os acampados.

rEVOLt

Logo em seguida eles receberam os manifestantes da marcha contra a Usina de Belo Monte, um grupo de indígenas que veio do Pará e juntou-se ao acampamento. Marcharam juntos na Av. Paulista e este grupo tornou-se mais tarde o #OccupyBeloMonte.  Aquele dia entrou para a história da REVOLUÇÃO GLOBAL no Brasil. O comprometimento com a unidade do grupo e com o conteúdo das oficinas e assembléias, fez com que o ACAMPASAMPA se tornasse um marco na World rEvolution no Brasil. Nesta etapa do processo o grupo trabalha por mais coesão ainda, e luta contra as infiltrações de entidades e partidos políticos, que, como em todos os outros países, procuram APROPRIAR-SE da Revolução, para esvaziá-la e corromper seus princípios.

Isto ocorre também no Rio de Janeiro. O @OccupyRio também marcou a história do 15 DE OUTUBRO com o acampamento na CINELÂNDIA, enfrentando outras dificuldades, bem diferentes das encontradas pelos acampados em São Paulo. A PRIMEIRA REVOLUÇÃO CIVIL MUNDIAL da História da Humanidade não é assunto corriqueiro. Conversando com alguns jovens envolvidos nas marchas e mobilizações no Brasil, podemos ver a falta de noção da dimensão e do significado da PRIMAVERA GLOBAL. Referem-se ao #12M como um “evento” e acreditam que pelo fato de estarem mobilizados em oferecer logística e infraestrutura para as manifestações, isso lhes dá o crédito de ORGANIZADORES da Revolução. Ilude-se quem pensa poder apropriar-se deste fenômeno chamado REVOLUÇÃO GLOBAL, em alguns poucos meses isso ficará claro. Por enquanto, vamos nos divertindo observando os oportunistas usurpadores pensarem que “vão se dar bem” aproveitando essa “onda” para ganhar visibilidade na mídia. O que de fato ocorre, é que, ao ganharem a desejada visibilidade, são identificados e marcados pelos VERDADEIROS REVOLUCIONÁRIOS. Já existe uma enorme lista deles, TROLLS de todas as nacionalidades, raças, religiões e partidos políticos…

O terceiro acampamento mais importante do 15 DE OUTUBRO DE 2011 no Brasil foi o de ONDINA, em SALVADOR/BA. Na verdade, em resistência, coesão, organização e conteúdo, o @OcupaSalvador está no mesmo nível do movimento de São Paulo. Foi através do conteúdo de suas páginas na web que consegui reunir a maior parte do material para este post, e este conteúdo eu tomo como referência para acompanhar o desenvolvimento do movimento fora do eixo São Paulo/Rio. Ao contrário do que ocorreu no Rio de Janeiro, o movimento em Salvador lutou por coesão e para fortalecer os fundamentos da proposta da Revolução Global. Tem sido a fonte de informação para compartilhamento das lideranças que encontram-se nos estados brasileiros mais distantes e que mais  sofrem  com a centralização econômica e social nas regiões sudeste e sul do país.

Um destaque para a chamada do @12mbh, movimento de ocupação das vias e realização de assembleias públicas pela sociedade Civil em Belo Horizonte/MG. Reúne imagens do movimento em todo o Brasil com imagens do acampamento e sequências de animação, e foi editado com um timming especial, uma trilha sonora absolutamente exata, chegou em um resultado underground, ficou meio grunge, uma coisa bem cult. Achei linda!

Esta é a chamada para o #12M do Ocupe Recife/PE, movimento que tomou o nome do Cais José Estelita para tornar-se o @OcupeEstelita, local onde a população da capital pernambucana encontrou espaço para as manifestações, assembleias e articulação de ações comunitárias.

Encerro a primeira etapa deste post com a chamada que me surpreendeu. Anápolis/GO é a cidade do Brasil com o maior número de cristãos evangélicos, 96% da cidade. Aqui está a prova que os cristãos evangélicos também fazem parte dos 99%. Esta cidade é muito especial para mim e fiquei mesmo muito emocionada ao assistir este vídeo, pela sua simplicidade e por entender o que representa a Primavera Global naquela região. Continuarei postando as chamadas na medida em que as for encontrando, e farei uma última atualização disponibilizando o mapa com os locais e horários das manifestações do #12M em todo o Brasil, ainda hoje.