Bni0vRNIMAMn_rG

GREVES paralisarão o Brasil durante a COPA da FIFA

Todos os setores estão gradativamente entrando em greve e até o início da COPA da FIFA o Brasil irá parar. As policias Federal, Civil e Militar podem estar articulando uma GREVE NACIONAL durante a Copa. É certo que isoladamente estão trabalhando para a mobilização nacional com o objetivo de promover uma greve, já declarada oficialmente ILEGAL. O que ainda não temos a confirmação é se os três segmentos estão articulando entre si para sincronizar suas greves. Os primeiros rumores  da greve da Polícia Federal surgiram  no Rio de Janeiro no início de 2014.  No dia 14 de maio o Superior Tribunal de Justiça vetou o direito de greve da Policia Federal durante a Copa, que seria MAIS UMA GREVE em meio às greves que já se tornaram generalizadas em todo o território nacional.

Não ocorreu uma mobilização central para articular estas greves, mas os setores viram na aproximação da data do início dos jogos da Copa da Fifa uma oportunidade de maior visibilidade para seus protestos, e de modo espontâneo estão PARALISANDO O BRASIL, gradativamente, desde abril de 2014. O que acontece, de fato, é que o Brasil está parando na medida em que se aproxima o início da Copa do Mundo. A Greve dos Professores paralisou a Av Paulista no dia 13 de maio, com a participação de 9 mil profissionais, dois dias antes do Protesto Nacional contra a Copa, ocorrido em 15 de maio nas capitais que irão sediar os jogos, se é que eles acontecerão.

Bni0vRNIMAMn_rG

Não é possível documentar aqui todas as paralisações e greves ocorridas recentemente e as que estão marcadas para acontecer durante a copa. Talvez a greve mais significativa agendada para junho seja a greve dos metroviários de São Paulo. Os funcionários do metrô da maior cidade da América Latina, a quarta maior cidade do mundo, deram ao governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a opção de isentar os usuários de pagamento da passagem, o passe livre, ou “CATRACA LIVRE”, para evitar a paralisação das linhas do metrô e transtorno para os trabalhadores. A proposta foi recusada pelo governador, alegando “Não haver necessidade de greve, pois as negociações estão em andamento” porém, a categoria pede reajuste salarial de 35,47% e receberam do Tribunal Regional do Trabalho a proposta de acordo de apenas 9,5% , rejeitada pelo sindicato, e, em Assembléia, a greve já foi agendada para 5 de julho.

metroviarios620

 Os Servidores Públicos do Itamaraty paralisaram as representações diplomáticas do Brasil em Nova York, Atlanta, Los Angeles, Hartford, São Francisco e Houston, nos Estados Unidos; os consulados de Londres, Montreal, Frankfurt e Bruxelas; o consulado e a embaixada em Paris, e a embaixada em Berna, que ficaram paralisadas por 48 horas, também a partir de 13 de maio. Neste dia a Embaixada brasileira em Berlim foi apedrejada  por um grupo de encapuzados, tendo um movimento de esquerda assumido a autoria do ato.

12mai2014---a-embaixada-do-brasil-em-berlim-alemanha-foi-alvo-de-ataque-na-madrugada-desta-segunda-feira-12-por-volta-das-11h-um-grupo-de-esquerda-nao-identific

No próximo dia 21 de maio haverá a paralisação da Policia Civil, Federal e Rodoviária em 13 estados brasileiros,  mesmo tendo sido vetado seu direito de greve. Existem 16 policiais militares presos hoje no Rio de Janeiro por estarem articulando a adesão INCONSTITUCIONAL da Policia Militar nesta greve. Não acreditamos que seja possível impedir que os policiais DESOBEDEÇAM ao veto de seu direito de greve e acreditamos que na próxima quarta-feira o Estado brasileiro levará um SUSTO. Eles vão testar sua capacidade de mobilização nacional e irão certamente ficar preparados para cumprir com sua promessa de parar o Brasil durante a Copa da Fifa.

Risco-de-greve-na-Policia-Civil-size-598

Se existe uma categoria de trabalhadores que pode intimidar os Governos Estaduais e Federal, esta categoria é a de policiais. Dificilmente poderão ser intimidados ou punidos por exercer seu direito de greve, como qualquer trabalhador deveria ter, se é que a Constituição ainda tem algum valor no Brasil. Ficaremos no aguardo para saber até que ponto essa articulação da Policia pode ser uma manobra eleitoral da extrema direita, pois em um ano de eleições para Presidente, vale tudo. O certo é que, independente da atitude dos policiais de desobediência e afronta ao Estado, as outras greves dos diversos segmentos que vem ocorrendo, e certamente aumentarão daqui até o início dos Jogos da Copa, vão parar o Brasil durante a Copa da FIFA.

10409285_710325375682096_1338273192207029681_n

Encerramos com o vídeo que mostra o processo de desapropriação e desalojamento e remoção de famílias desde 2012. Todos os esforços, denuncias e protestos feitos na ocasião de cada remoção foi inútil diante dos interesses envolvidos em detrimento dos direitos humanos. Não sabemos o que será de nossa nação até o térmno dos MEGA EVENTOS ESPORTIVOS, porque ainda nos aguardam os JOGOS OLÍMPICOS e não sabemos o que restará de nossa nação até lá.

rp_6322244255_bc3b7183bf.jpg

EXÉRCITO EM ARMAS CONTRA A SOCIEDADE CIVIL em BELO MONTE!

Untitled
Com o exército armado nas ruas. a pretexto de “escoltar” as autoridades representates deste governo predatório, o exército brasileiro está apresentando armas contra a Sociedade Civil em Altamira/PA. Os mandatários desta intervenção criminosa apresentam argumentos mal estruturados e frágeis, que logo se diluem em contradições diante do questionamento da Sociedade Civil, que tem estado presente, junto ao Ministério Público do Estado do Pará, para apurar as irregularidades e arbritrariedades do Governo Federal, que tem isentando de resposabilidades e tolerado todo tipo de abusos cometidos pela empresa responsável pela execução do seu projeto. Chamado KARARAÔ na época da ditadura militar e agora, BELO MONTE, este projeto veio comprovar que Dilma Roussef lidera um governo mais fascista que a própria Ditadura Militar, que, na época, não conseguiu implantar o projeto devido à resistência das lideranças militantes da região. Há um dossiê completo, que remonta de registros feitos ao longo DE 10 ANOS pelo Procurador da República do Pará, Dr. Prof. Felício Pontes Jr, postado em seu blog BELO MONTE DE VIOLÊNCIAS.

Se você quer saber de fato o que tem se passado em Altamira nessses 23 anos, relatado, não por um ativista ou manifestante, mas por uma autoridade do Poder Judiciário e mestre em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela PUC-Rio, click no link que está no nome do blog do Dr. Felício Pontes, com tempo para leitura. Ai está TODA A VERDADE, não o que a mídia fala, ou o que dizem os “formadores da opinião pública” os mesmo que colocaram esses predadores no governo.

DSCN7227A Sociedade Civil está organizada lutando há mais de 20 anos, orientada por algumas lideranças que tem sofrido perseguição, ameaças de morte e alguns tem sido de fato assassinados, de CHICO MENDES  a NÍSIO GOMES. As famílias dos líderes exterminados tem sido assoladas, ou tem procurado exílio em países sensibilizados com a causa dos que lutam para defender a preservação da Amazônia e acabam necessitando de asilo em outra nação, para não ser exterminado em solo brasileiro.

Foto: Eduardo SeidlNão é falta de organização ou incompetência das lideranças, não é falta de recursos, pois temos feito manifestações em frente a instituições internacionais, em diversos países, durante esses quase 25 anos. As autoridades tem sido solicitadas a receber e negociar com as lideranças, toda a documentação necessária para os embargos e denúncias públicas tem sido encaminhada de forma satisfatória.

_TLD1969Mas os crimes continuam e progridem. Crimes de todo tipo: Assassinatos, desapropriação indevida, decurso de prazos e mudanças deliberadas de datas para entrega de relatórios de atendimento das CONDICIONANTES, irregularidades nas contratações e condições de trabalho para os funcionários, negação do direito legal de greve nas instalações da ELETRONORTE, fechamento do local para a imprensa independente, entre tantos outros.

Simplesmente nenhuma medida legal detém os crimes. A grave ameaça à população ribeirinha e aos povos nativos da região do rio Xingú é uma afronta à Sociedade Civil, não só brasileira, mas em todo o mundo. É uma prova de que os recursos legais, que são as ferramentas para fazer valer nossos direitos, são fictícios, e ao longo de seu trâmite acabam engavetados em alguma sala dos prédios de Niemeyer, no Planalto Central.

Foto: Verena Glass

Isso deveria ser motivo mais do que suficiente para que o povo brasileiro se sentisse ofendido, já que pagamos os impostos mais caros do planeta, pagamos os salários mais altos do mundo aos nossos políticos e, não obstante, ao seguirmos as regras de encaminahmento das documentações junto ao Ministério Público para fazer valer nossos direitos de cidadãos, fazer uso de nosso poder de decisão sobre nosso próprio patrimônio, eles nos olham com um ar de deboche, porque acreditamos nas instituições e respeitamos as leis, seguimos as regras e pagamos impostos. Nossos interlocutores zombam de nós, justamente por isso, porque eles não fazem o mesmo. As leis servem apenas de entrave para nós, enquanto eles as desprezam impunemente.

É um jogo desigual, de cartas marcadas, onde à Sociedade Civil são impostos todo tipo de regras com suas penalidades, mas os governantes estão isentos delas, eles são imunes e tornam imunes também aos que servem aos seus propósitos. Veja as dimensões do patrimônio que está sendo depredado, expoliado, roubado. A maior reserva de recursos naturais do planeta, 1/5 da água doce do planeta Terra está aqui. É seu, é nosso! Estamos lutando para preservar tudo isso. E você?