Otimização nos motores de buscas

WHITE HAT SEO

White Hat
SEARCH ENGINE OPTIMIZATION é o que significa SEO. Este trabalho de otimização para projetos na web pode estar focado nos SEARCH ENGINES, os MECANISMOS DE BUSCA, mantendo o projeto em primeiro lugar nos principais buscadores. Pode também ter uma abordagem mais ampla, de otimização, viabilização e aperfeiçoamento de projetos para a web, de maneira que sejam bem sucedidos. Isso envolve mais do que estar no top dos mecanismos de busca. É necessário fazer com que a página seja leve, amigável ao usuário, que seu custo seja o mínimo possível, que tenha um conteúdo de boa qualidade, que esteja presente nas redes sociais e mais uma imensa diversidade de fatores que direcionam um projeto para o sucesso. Para isso é necessário conhecimento bem diversificado, não só na área de TI, mas na área de comportamento, acompanhar as tendências dos usuários da web e ser MUITO CRIATIVO. Assim pensa uma facção deste grupo de profissionais, conhecidos como WHITE HATS.  Por serem a favor das ferramentas gratuitas e livres (open source), e também da liberdade de compartilhamento de todo o tipo de conteúdo via web, dão muitas dores de cabeça aos fabricantes de ferramentas muito caras,  que são necessárias para quem ganha a vida na web. Os White Hats são crackers de chaves e desenvolvedores de ferramentas gratuitas que substituem as que são vendidas a preços exorbitantes, e também para compartilhamento de áudio e vídeo na web. São, portanto, os causadores de duas grandes crises: a dos direitos autorais (somos a favor do Creative Commons) e a da indústria audiovisual de entretenimento. Por causa dos White Hats algumas pessoas, que viviam às custas da reserva de direitos para comercializar a reprodução de conteúdos ou softwares,  foram obrigadas a usar a criatividade e arranjar um outro jeito de ganhar a vida…
Não acreditamos em meios escusos de alcançar popularidade nem que o bombardeio com convites, avisos, ofertas e publicidade seja a melhor maneira de agradar os usuários da web. Por causa disso surgiram os chamados BLACK HATS.

black-white-hat
Eles são os responsáveis pelos malditos SPAMS que enchem a caixa de entrada do seu e-mail, são aqueles que clonam seu perfil nas redes sociais, ou roubam a sua senha, usam ferramentas para criar TROLLS ( usuários inexistentes de redes sociais para aumentar a lista de seguidores para perfis que  querem FINGIR popularidade), isso só para começar. Sim, os Black Hats são os pais dos TROLLS. Esses usuários fictícios são depois usados por eles para manipular a opinião dos usuários verdadeiros em campanhas realizadas na web, inclusive as eleitorais. Um só Black Hat pode operar centenas de “usuários” de uma rede social, para difundir boatos ou informações falsas, entrar em sites onde há resenhas para provocar e tumultuar discussões importantes, enfim… Um só cara desses pode ser várias centenas de “pessoas”, emitindo uma informação dirigida para defender os interesses daqueles que pagam seus serviços. su-that-ve-nhung-con-nguoi-mang-danh-hacker_6_634646051839909202

Não, não é crime. O que é certo ou errado depende de onde cada um deseja chegar na vida. Tem gente que só quer ganhar dinheiro e mais nada, e para tanto, este tipo de conduta está certa. Para quem quer realizar um belo trabalho, quer realmente colocar na web grandes propostas, tem conteúdo para publicar, tem o que dizer e realmente consegue chamar para seu projeto a atenção de muitos na web, então, é errado. Errado porque através de “truques”  você chega, mas não se mantém no topo das listas, aborrece o usuário a quem você quer agradar, como o SPAM por exemplo. Os SPAMMERS só satisfazem a necessidade imediata do cliente, que é emitir o máximo de publicidade na tentativa de obter retorno. Não interessa ao Black Hat se seu cliente vai alcançar seu objetivo, que é o retorno e a aprovação do usuário. Entendemos como ERRADO uma ação que tem um objetivo, e que obtém o inverso do que procura! O cliente que quer usar a web como mídia, e também um meio de comercialização de seu produto, não sabe o que pode QUEIMAR SEU FILME com o usuário, a quem ele quer atrair e causar boa impressão, mas Black Hat não está interessado em ORIENTAR ninguém. Por isso, cuidado com o profissional que você contrata. Ele pode fazer com que você se torne odiado e até seja motivo de chacota por aquele a quem você quer agradar, e de quem você depende para que seu projeto dê certo…
N0-Black-Hat-SEO

dosvoxAntigo

DOSVOX-Inclusão digital para deficientes visuais

O primeiro logo do DOSVOX ficou marcado. Assim, sem cor, nos sugere a ausência de estímulo visual, nos leva a compartilhar um pouco da ausência dessa ferramenta biológica: os olhos. Não se pode falar de DOSVOX sem falar de Marcelo Pimentel, 35 anos, pai de uma familia bem normal. Enquanto estava na graduação idealizou o Dosvox, o primeiro sistema de computação para cegos 100% nacional e de código aberto. Isso no tempo em que monitor ainda era monocromático e sistema operacional era DOS – e muita gente não imagina o que isso significa.

Senti-me compelida a registrar isso aqui, não só pela apologia que meu amigo Kleiton Ramil faz deste software, mas porque nada mais indicativo de uma tecnologia futurista bem real e presente neste século do que um software livre e aberto destinado a incluir na era digital os deficientes visuais. Quem não vivencia as consequências deste tipo de deficiência não tem a menor condição de avaliar as portas que se abrem e as pontes que este software constrói para os portadores desta deficiência. Hoje eles podem operar por comando de voz todas as funções de um micro e ter respostas também por voz dos conteúdos da máquna. Uma das ferramentas é o EDIVOX, um Editor de Textos que permite produzir e ler informações textuais em microcomputadores, através de uma interface que utiliza intensivamente a síntese de voz. A criação do Edivox foi marco fundamental para o surgimento de muitos outros aplicativos, que acoplados a ele, abriram um grande leque de possibilidades para este projeto. Isso inclui não só no ambiente digital, mas social e profissionalmente pessoas extremamente capacitadas e de nível intelectual diferenciado, que ficavam, até então, excluídas por uma barreira que hoje, já foi derrubada. Mais que um open source software, o DOSVOX é um primor da nossa era, em que a tecnologia está focada em incluir, habilitar e capacitar a todos que desejam e trabalham para isso. Além disso, pra complementar, foi desenvolvido no Brasil, por um brasileiro guerreiro, mais um, que não desiste nunca…